segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

O ENGOLIDOR DE ANÉIS



Mulher usa detector de metais e acha anel de diamantes em cão

Caters News
Um raio-x mostrou o anel engolido pelo filhote Barney
Um raio-x mostrou o anel engolido pelo filhote Barney
Uma britânica que perdeu um anel de diamantes decidiu usar um detector de metais e descobriu que seu cachorro havia engolido a joia.
Karen Woolley, do condado de Nottinghamshire, entrou em pânico quando não encontrou o anel, que tinha deixado sobre a mesinha de cabeceira.
"Estávamos desesperados para saber o que tinha acontecido com o anel. Ele tem mais de 100 anos e tem sido passado de mãe para filha na minha família há gerações", disse Woolley, de 40 anos, que é dona de uma pousada.
Depois de procurar exaustivamente, ela começou a desconfiar que a joia pudesse estar na barriga de Barney, um filhote de três meses, cruza de cocker spaniel e poodle.
Seu marido sugeriu que eles usassem um velho detector de metais que tinham na casa para verificar se o cão havia engolido o anel.
O aparelho apitou sem parar, confirmando a suspeita, e Barney foi levado às pressas para o veterinário, que pôde ver claramente no raio-x o anel com seus três grandes diamantes.
O cachorro teve de passar por uma cirurgia de emergência, já que corria risco de morrer.

"Nosso veterinário disse que porque o anel é tão grande e Barney, tão pequeno, ele podia se machucar seriamente se tentasse eliminar o anel naturalmente. Há três grandes diamantes no anel e eles teriam rasgado seu intestino, causando uma hemorragia", disse a dona do filhote.

Barney está se recuperando bem da cirurgia e Wolley já voltou a usar a joia. "A partir de agora, se decidir tirar o anel de novo, vou guardá-lo de forma segura, dentro de uma gaveta."

CAIXÕES PARA CACHORROS


Bauruense fatura R$ 10 mil por mês com caixões para cachorros e gatos

Cães e gatos estão tão incorporados às famílias e aos rituais humanos que não é apenas no que eles recebem todo carinho possível. Quando chegam ao final de sua vida também. Proprietário de uma fábrica de urnas funerárias para cães e gatos, o bauruense José Leme Lima consegue faturar mais de R$ 10 mil por mês só com a venda desses objetos na cidade e, principalmente, para várias regiões do País onde há para cães e gatos.
De acordo com dados da diretoria do Centro de Controle de Zoonozes () de , a cidade conta com uma população de mais de 80 mil animais entre cães e gatos, mas falta um público de animais. Com a grande e crescente quantidade de bichos de estimação, aumenta também o número de óbitos. Desta forma, proliferam-se cemitérios em várias cidades, surgindo a necessidade de dignas urnas funerárias.
José Lima informa que a procura tem sido cada vez maior. “Esse trabalho fora de está sendo bem procurado, São Paulo, Rio de Janeiro, Santos… ainda não é tanto porque não tem um para animais, e é difícil sepultar os bichinhos em Botucatu (onde há um específico) porque as pessoas acham caro.”
O empresário considera que cobra um preço razoável para quem deseja adquirir um caixão desse tipo. “Eu vendo um caixão a R$ 200,00 para os animais de porte pequeno. Os animais maiores conseguem um caixão em torno de R$ 600,00. É bem mais em conta que um caixão para pessoas. Eu vendo em torno de 600 a 700 urnas por mês”, informa.
Centro velatório
E tem muita gente ganhando dinheiro com o aumento dos animais de estimação em casa. Além da fabricação de caixões em , já existe um serviço de fundo mútuo para bichos domésticos. Uma empresa recentemente regulamentada foi instalada em Botucatu, onde também está um dos poucos cemitérios de animais da região, incluindo uma sala velatória. No local são realizados mais de 2 mil sepultamentos, de toda a região.
Pelo fundo mútuo, são cobrados R$ 20,00 para adesão e R$ 10,00 mensais, o que dá direito à inclusão de até dez animais. Além do fundo mútuo, a empresa também realiza o serviço de transporte para clínicas especializadas em banho e tosa e ainda tratamentos de saúde. O empresário Antônio Carlos Minozzi diz que o serviço tem sido muito bem aceito e, atualmente, consegue faturar valores significativos na cidade.
“Conseguimos uma média mensal entre R$ 5 mil e R$ 10 mil com a junção dos serviços prestados. O transporte dá uma faixa de R$ 3 mil, e o restante é com o trabalho de fundo mútuo.”
Com uma população em torno de 80 mil animais em entre cães e gatos e com a falta de um específico para eles, que se tornam parte da família, as pessoas acabam ficando “perdidas” quando se deparam com a deles. Mais informações sobre as urnas funerárias para animais podem ser obtidas pelos telefones 3011-4764 e 8159-8336.

CORUJAS SÃO CREPUSCULARES


Coruja – Alguém aí falou que eu sou Crepuscular?!

Sim, somos consideradas crepusculares. Mas espere, não é porque giramos nossos pescoços para trás até 270 graus. Calma lá, também não é porque vomitamos aquelas “pelotas” de pêlos e ossos depois de nos alimentarmos. Muito menos porque engolimos nossas presas de uma vez sem “mastigar”.
Somos aves chamadas Strigiformes. Caçamos muito bem pois temos uma visão aguçada, mesmo na noite. Nossa é várias vezes melhor que a do homem e por isso ouvimos os mínimos ruídos de presas andando no chão. Nossas penas ajudam a nos proteger das presas que agarramos e também silenciam nosso vôo para que cheguemos sempre de surpresa.
Em nossa , todos tem a cara e olhos bem redondos. Alguns preferem o clima bastante frio enquanto outros o calor intenso do deserto, e temos parentes até na Floresta Amazônica.
Não há necessidade de ter . Ajudamos muito a manter o equilíbrio na cadeia alimentar, e não seremos agressivas se não chegarem muito perto de nossos ninhos.
Curiosidades:
As “pelotas” que as regurgitam com os restos de ossos e penas, saem no formato da moela (ventrículo – segundo estômago da Coruja). Até que seja expelido uma pelota, o que leva até 10 horas, a Coruja não pode alimentar-se.
possuem ouvidos assimétricos, ou seja, o ouvido do lado esquerdo não fica na mesma posição/altura que o ouvido do lado direito e nem tem tamanhos iguais. Ao contrário do que pode parecer, isso é mais uma das “artimanhas” da natureza, e obviamente favorece a caçada da coruja em busca de seu alimento. Por causa dessa assimetria, os sons emitidos pelas presas chegam com milissegundos de diferença aos 2 ouvidos e o cérebro utiliza essa diferença para calcular com precisão a posição da presa.
Mesmo em escuridão total, as conseguem demarcar o local onde devem atacar a presa com precisão e a margem de erro fica na casa de +- 2 centímetros. Para compensar esses poucos milímetros de erro, as garras das abrem-se ainda mais na hora da captura. Desnecessário dizer que a Coruja ganha de “lavada” a maioria de suas investidas alimentares.
A Coruja possui 4 garras com estrutura óssea muito forte, sendo que a mais externa tem uma articulação super flexível e a Coruja movimenta essa garra para trás facilitando a captura da presa e também a fixação em galhos quando empoleiradas.
possuem 3 pálpebras! A superior que se fecha quando a Coruja pisca, a inferior que se fecha durante o sono e uma terceira que fecha na diagonal limpando a superfície ocular.
Além do formato arredondado da cara, algumas tem penas que parecem ser os ouvidos, mas na verdade são “apenas penas” que ajudam a canalizar os sons otimizando sua .
Os ninhos de várias espécies de podem estar em galhos bem altos nas árvores, mas podem ser encontrados no solo também.
A visão das chega a ser 100 vezes mais acurada que a do ser humano, e o fato de enxergar somente em direção frontal é compensado pela rotação da cabeça de até 270 graus em sentido lateral, e 180 em sentido vertical. Também, com 14 vértebras no pescoço, fica fácil. O ser humano tem somente 7 vértebras.
É bastante comum o macho oferecer “comida” para a fêmea desejada e caso ela aceite, normalmente esse é o sinal de que eles formarão um casal. Nem todas as espécies respeitam a monogamia, e principalmente nas espécies migratórias, os 2 encontrarão novos parceiros.
As não constroem seus ninhos. Na maioria das vezes ocupam ninhos que já foram usados por outras aves ou animais terrestres como o esquilo.
Reino: Animal
Filo: Cordado
Classe: Aves
Ordem: Strigiformes
Família: Tytonidae – Strigidae
Alimentação: ratos e roedores, coelhos e lebres (alimento preferencial), esquilos, cobras, aranhas, escorpiões, pássaros, peixes, gafanhotos, patos, gansos, gatos, porco espinhos, gambás, insetos…
Reprodução: existe variações entres as espécies, mas genericamente pode-se esperar de 1 até pouco mais de 10 ovos. O macho alimenta a fêmea durante a incubação, que também varia de espécie pra espécie. Em média 30 dias para a maioria das espécies.
Habitat: Praticamente em todo o território global, menos na Antártica.
Ah sim, Crepuscular significa que gostamos de trabalhar durante o amanhecer e ao anoitecer. Só isso!
*o dito popular “Mãe Coruja” nasceu em um conto do autor francês La Fontaine. Quer saber mais? http://www.ebooksbrasil.org/eLibris/fabulas.html#100

ADOÇÃO MULTIRACIAL


Cachorro adota filhotes de coelhos, patos e gatos

28 de fevereiro de 2011

Um rottweiler “adotou” coelhos, patos, gatos e outros filhotes órfãos na cidade de Blackpool, no Reino Unido.
Tudo começou quando a tutora do cão Dave, Amanda Collins, levou para casa um coelhinho rejeitado. O cachorro acabou virando uma mãe para os outros bichinhos.
“O rottweiler pode ser muito gentil e obediente se receber cuidado e treinamento adequado. Dave é o exemplo perfeito disso”, disse Amanda. Com informações do Daily Mail.
Foto: Reprodução/ Daily Mail

JAMES FRANCO E SEUS GATOS



James Franco divulga imagem de seus gatos no Twitter

O protagonista do filme “127 horas” publicou em seu Twitter como passa seus dias de folga: com seus gatos Zelda e Sammy

Não foi desta vez que o ator James Franco levou o tão sonhado Oscar. A cerimônia ocorreu no último domingo, 27 de fevereiro, e Colin Firth, de O Discurso do Rei, ficou com a estatueta de melhor ator. Mas ainda assim o protagonista de 127 horas tem motivos de sobra para celebrar.
James foi mestre de cerimônia da 83ª edição do Oscar, ao lado da atriz Anne Hathaway, e recebeu muitos elogios. O que poucos sabem, no entanto, é que parte da segurança e tranquilidade que o ator demonstrou em cena é devido ao tempo de lazer que passa com seus gatos, Zelda e Sammy.
De acordo com o site da revista People Pets o ator postou em seu Twitter uma foto em que aparece tirando uma soneca com seus gatinhos. Vale lembrar que além de ator, Franco também é estudante da Universidade de Yale, o que faz dele uma celebridade muito ocupada. Mesmo assim, as poucas horas de lazer que dispõe são na companhia dos seus bichanos.

A CASTRAÇÃO


Castração
Algumas pessoas se ressentem ou até se escandalizam quando os veterinários aconselham que castrem seus animais.
- MAS.....
Você já parou para olhar a quantidade de cães de rua que a cidade que você mora possui?
Você já parou para pensar na quantidade de doenças (as chamadas zoonoses) que eles podem abrigar e posteriormente transmitir aos seres humanos?
E aí? O que fazer? Agir como em Bogotá onde o prefeito mandou exterminar todos os animais encontrados soltos nas ruas?
Ou deixar a "carrocinha" pegar estes animais para levá-los para um depósito, onde a grande maioria é exterminada?
Acho que nada disso é solução !!!!
E o problema não se resume somente nos animais que já estão nas ruas.
O problema real é o aumento desta população, sendo este aumento determinado não somente pela reprodução destes animais, mas também pelo acasalamento indesejado de animais que possuem dono. Estes proprietários, não tendo conhecimento nem condição de lidar com as constantes proles (ninhadas) nascidas em sua casa, as deixam "ao Deus dará", acabando estes animais indo parar nas ruas.
Segundo a WSPA (Sociedade Mundial de Proteção Animal), uma única cadela, com uma vida reprodutiva de 6 anos, pode gerar 100 (cem) descendentes, enquanto uma gata em apenas 2 anos pode deixar 200 (duzentos) descendentes. São números realmente assustadores, desconhecidos da maioria das pessoas. Mas estes números provam que tentarmos reduzir a população com apreensão e eutanásia é, no mínimo, falho, além de ser um crime.
Além do método ser falho, a apreensão pode determinar a disseminação de várias doenças.
Imaginemos a situação em que o seu animal de estimação foge para um passeio na rua, sendo apreendido juntamente com outros animais, alguns dos quais, de rua. Algum destes animais errantes pode estar doente, e contaminar o seu. Quando você vai ao depósito retirar o seu animal, você pode estar levando para dentro da sua casa, para a sua rua, para o seu bairro, doenças que, por não serem usuais da região, encontrarão terreno adequado para se alastrar, contaminando toda uma população que antes não estava doente.
. a solução para estes problemas todos seria a castração
. A CASTRAÇÃO É UMA OPERAÇÃO RELATIVAMENTE SEGURA, QUANDO FEITA POR UM BOM MÉDICO VETERINÁRIO. OS ANIMAIS, GERALMENTE, SE RECUPERAM DA CASTRAÇÃO EM APROXIMADAMENTE UMA SEMANA, COM DESCONFORTO MÍNIMO.

.VANTAGENS:
- EVITAR NINHADAS NÃO DESEJADAS
Ah!, você diria: "Eu jamais colocaria uma ninhada de minha cadela / gata na rua".
. Está certo, mas o que fazer com os filhotes se ninguém os quiser? E os futuros donos, tratarão tão bem seus "netinhos" como você? Não esqueça que as vezes um filhote só é atraente enquanto é filhote, ou enquanto não destroi o sofá da casa nem faz xixi no tapete novo, ou enquanto não fica doente.
. E os machos que tem dono que fogem de casa e acabam cruzando com uma fêmea de rua? Além de aumentar a população de rua teríamos o perigo também da transmissão de doenças venéreas. Uma doença venérea muito comum nos cães é um tipo de turmor, que é maligno (câncer)
- ANIMAIS CASTRADOS SÃO MAIS SAUDÁVEIS
.Tanto machos comos fêmeas têm menos chances de desenvolver problemas de tumores e infecções nos órgãos reprodutivos.
. Os machos, depois de castrados, têm menos chances de desenvolver problemas de próstata e tumores de testiculares.
. A castração reduz o risco da cadela ter tumor de mama. Se a cadela foi castrada antes do primeiro cio, (aproximadamente seis meses), o risco dela desenvolver tumores mamários é muito reduzido. O Tumor Mamário é, normalmente, um tipo de câncer muito comum em cadelas idosas que não foram castradas. Além disso, cirurgia na fêmeas imaturas é menos propensa a complicações. A remoção completa dos ovários elimina a possibilidade de cânceres ovarianos ou uterinos, que são ocorrências comuns em fêmeas não castradas.
. Com relação às fêmeas, pode ser que elas não sejam boas mães, implicando em risco para a ninhada e em trabalho extra para você. Ou ainda, ela pode precisar de auxilio de emergência durante o parto [por exemplo, uma cesariana] colocando em risco sua vida, e aumentando sua despesa.
- PASSEIOS CONTROLADOS
.Um macho que sente por perto uma fêmea cio pode demolir portas e saltar cercas e ficar vagando pelo o bairro a procura da cadela. Animais castrados fogem menos e com isso levam uma vida mais segura, sem os perigos da vida na rua, para os quais seu animal acostumado em casa, não está preparado, inclusive com o risco de ser pego pela carrocinha.
.Diminui também as brigas com cães vadios reduzindo assim, o risco de danos, infecções, atropelamentos e livrando você de altas contas no veterinário.
. Além do perigo do passeio pelas ruas, existe o risco de seu animal macho cruzar com alguma fêmea de rua, o que, sem contar com o aumento população de rua teríamos o perigo também da transmissão de doenças venéreas. Uma doença venérea muito comum nos cães é um tipo de turmor, que é maligno (câncer).
- MUDANÇA DE COMPORTAMENTO
. Animais castrados são mais contentes e comportados.
. A castração precoce reduz o aborrecimento e constrangimento do machinhos ficarem "montando" nas pernas das pessoas ou na mobília.
. A castração não transformará seu cachorro em um "frouxo ", e ele nunca saberá o que está perdendo, mesmo que já tenha cruzado alguma vez. O animal não sabe bem o que é prazer, não acorda um belo dia querendo cruzar. Ele tem vontade sim, mas por um simples mecanismo hormonal; logo se tirarmos seus testículos, este estímulo hormonal desaparece, e ele não sente mais vontade de cruzar. É diferente do caso do ser humano, que se fosse castrado, sentiria a vontade mas não conseguiria; no caso do animal, esta vontade não existe após a castração
. Algumas pessoas acham que o animal ficará preguiçoso e gordo. Mas nem sempre isto ocorre. Se a castração for realizada precocemente não levará o animal à obesidade. Quando feita depois do animal adulto realmente ele ficará com uma tendência a engordar, o que pode ser controlado com uma rotina de brincadeiras e exercícios, além de não podermos deixá-lo comer demais.
. Alguns proprietários acham que por ser um cão de guarda este animal não deve ser castrado. Mas a castração não afeta os instintos naturais de um cachorro para proteger sua casa e família.
- MELHOR CONVIVÊNCIA EM CASA
. A castração resulta em uma fêmea mais limpa em casa. Todos os proprietários de fêmeas sabem como é incômodo o sangramento que ocorre no cio (aproximadamente dez dias, duas vezes ao ano). Removendo os ovários de sua cachorrinha este problema é eliminado.
. Castração precoce também ajudará ao treinamento p/ urinar no local certo, diminuindo a incidência de urina "nos cantinhos" que o macho faz por razões territoriais
- RAZÕES PARA NÃO CASTRAR
- ANIMAIS DE RAÇA, ANIMAIS COM PEDIGREE
.Um Pedigree não é uma indicação de qualidade, nem mesmo a presença de campeões no seu pedigree. Alguns animais são excelentes representantes de sua raça, mas não geram filhotes de boa qualidade. Além disto determinadas raças possuem características indesejáveis que passam para seus descendentes, não sendo aconselhável seu cruzamento. Pesquise os problemas de saúde comuns em sua raça e sugira uma avaliação de seu veterinário com relação aos defeitos genéticos que seu animal possa vir a passar para seus filhotes.
- GOSTARIA DE UM FILHOTE IGUAL AO MEU
- Mas meu cachorro (ou gato) é tão especial, eu quero um cachorrinho (ou gatinho) como ele.
. Seu cachorro ou gato pode ser um animal muito especial. Mas isso não garante a você que seus filhotes vão ser iguais a ele. Até porque temos que levar em consideração também as características do outro parceiro; não sabemos se a ninhada sairá parecida com o pai ou com a mãe.
- QUERIA QUE MINHAS CRIANÇAS VISSEM O MILAGRE DO NASCIMENTO
Até mesmo se suas crianças estiverem dispostas a verem seu animal parir - que é improvável que isso aconteça, uma vez que normalmente o parto ocorre à noite e a cadela se isola - a lição que você realmente estará ensinando é que animais podem ser gerados e descartados como uma roupa.
. Além disso, lembre-se que o parto é uma situação delicada para a cadela. Ela precisa de tranquilidade; algumas fêmeas, inclusive, ficam agressivas, não permitindo que muitas pessoas se aproximem.
. E se a sua cadela que está parindo começar a ter complicações e correr risco de vida? Isto não seria nada interessante para as crianças.
. Ao invés disso, você deveria explicar às suas crianças que o real milagre da vida é sabermos prevenir nascimentos nãs desejados, de forma que não tenhamos que arcar com conseqüências depois.

Neísa Teixeira Lourenço
Médica Veterinaria - UFF 1980
Juiz de Fora - MG

OS SEGREDOS DO PEDIGREE PARTE VI


Os segredos do pedigree – Parte 6

Assista à sexta parte do vídeo Segredos do ( dogs exposed), produzido pela BBC sobre a dos cães de “” e os danos causados aos animais neste tipo de exploração.
O passa ao largo das questões éticas que envolvem a seleção de animais para adequá-los ao uso pelos humanos, seja para o trabalho, seja para o fútil prazer estético. Apenas aponta para mudanças nos critérios de seleção. Porém, mostra claramente a crueldade representada pela seleção artificial. E ela não atinge apenas os animais nascidos em cruzamentos consanguineos.

OS SEGREDOS DO PEDIGREE PARTE V


Os segredos do pedigree – Parte 5

Assista à quinta parte do vídeo Segredos do ( dogs exposed), produzido pela BBC sobre a dos cães de “” e os danos causados aos animais neste tipo de exploração.
O passa ao largo das questões éticas que envolvem a seleção de animais para adequá-los ao uso pelos humanos, seja para o trabalho, seja para o fútil prazer estético. Apenas aponta para mudanças nos critérios de seleção. Porém, mostra claramente a crueldade representada pela seleção artificial. E ela não atinge apenas os animais nascidos em cruzamentos consanguineos.

FACILITANDO A ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS


Medicações em biscoitos conquistam cães e gatos

27 de fevereiro de 2011

Medicar um maltês doente e idoso não é uma tarefa fácil, o que pode prejudicar o seu tratamento (Foto: Fernando Frazão)
Medicar animais doentes pode ser uma verdadeira batalha. A médica veterinária Karine Kleine, especialista em nefrologia e cardiologia, tem como a maioria de seus clientes animais idosos que requerem medicamentos de uso contínuo, mas muitas vezes rejeitam a medicação. Segundo ela, o tratamento que tem obtido maior sucesso é o “remédio biscoito”.
Se o cão tem hipertensão, por exemplo, o anti-hipertensivo é prescrito na forma de biscoito. Já os gatinhos preferem as pastinhas.
A atriz de teatro Márcia Kaplun tem um leão maltês de 15 anos. O cão não aceitava os comprimidos, e era capaz de esconder o medicamento e cuspir depois. Isso prejudicava o tratamento. Com a ajuda do biscoito, ele come rapidinho, sem estresse, e ainda balança o rabo.
Outra novidade nas clínicas e pet shops é a ração com tampinha (o comprimido é colocado dentro dos flocos). Para os animais mais espertos, ainda existe a ração terapêutica, que substitui o medicamento, e é feita para tratar problemas de origem renal, hepática e até cardíaca.
A veterinária Karine Kleine é fundadora do primeiro Centro de Hemodiálise Veterinário da América do Sul. A sua clínica possui até ecocardiograma, hemodiálise e tomografia computadorizada. Lá existem dentistas, cardiologistas, acupunturistas e várias outras especialidades.

CEARÁ PODE SER PIONEIRO NA DEFESA DOS ANIMAIS


Ceará pode ser pioneiro em Promotoria Especializada de Defesa Animal

28 de fevereiro de 2011

Projeto inédito tramita na Assembleia Legislativa do Ceará, de autoria do deputado estadual Lula Morais
Deputado estadual Lula Morais volta a apresentar Projeto de Indicação na legislatura atual (Foto:Alex Costa)
O Ceará pode ser o primeiro Estado do País a criar a Promotoria Especializada de Defesa Animal. Projeto neste sentido, de autoria do deputado Lula Morais, volta a tramitar na Assembleia Legislativa do Estado. A ideia é criar a nova Promotoria no âmbito da Procuradoria Geral de Justiça do Estado, para atuar especificamente na tutela dos animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos. “O projeto justifica-se em decorrência dos altos índices de crueldade e danos cometidos contra os animais. A impunidade dos infratores, o desinteresse das autoridades encarregadas da apuração desses crimes, bem como a descrença nas decisões judiciais em razão das penas irrisórias e os reiterados atos de abuso noticiados pela mídia são algumas das razões que justificam a mobilização pela criação dessa Promotoria em defesa dos animais”, justifica o parlamentar. Trata-se de um Projeto de Indicação, apresentado pela primeira vez em maio de 2010, atendendo solicitação da União Internacional Protetora dos Animais (Uipa).
Conforme Lula Morais, ele foi procurado pela presidente da Uipa, Geuza Leitão, no ano passado, quando decidiu elaborar o projeto. A matéria tramitou nas comissões técnicas da Assembleia, mas não houve tempo de concluir o trâmite, devido ao fim do ano legislativo. Com o início dos novos mandatos parlamentares, ele pediu o desarquivamento do projeto, que volta a iniciar tramitação.

CACHORRO É LUXO SÓ!


Site comercializa artigos de luxo para cães

Chic pra Cachorro oferece 149 itens, entre roupas e acessórios diferenciados para os totós mais exigentes

Foi-se o tempo em que os cães eram considerados apenas animais de estimação. Hoje, eles passaram a ocupar um lugar de destaque como membro da família. Não é à toa que o mercado pet brasileiro é o segundo maior do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos.
Pensando nesse nicho duas publicitárias de Curitiba (PR) resolveram apostar no público canino. Depois de meses de pesquisa de mercado, Renata Rocha e Claudia Zilli acabam de lançar o Chic pra Cachorro, o primeiro site de e-commerce do Brasil a oferecer artigos de luxo diferenciados para cães.
“Cada vez mais os cachorros fazem parte da rotina das pessoas, como ir ao shopping, ao parque ou à casa de amigos. Por que não dar a eles um tratamento diferenciado e de qualidade?”, questiona Renata. Segundo a empresária o site oferece 149 tipos diferentes de produtos, com opções de tamanho do PP ao GG. Estão disponíveis vestidos, bandanas, bermudas, além de acessórios e artigos para o dono, como bolsas para transporte e chaveiro.
Para adquirir os artigos do site o internauta tem as opções dos cartões de crédito Visa e Master e, em breve, os cartões Dinners e Amex, além do pagamento com boleto bancário e transferência online. Até o final do mês de fevereiro o Chic pra Cachorro está oferecendo ainda uma promoção especial aos clientes: “frete grátis para todo a país nas compras acima de 150 reais”, garante Claudia Zilli.

OS PREJUÍZOS DAS ARTES


Danos causados por pets movimentam 3,3 bilhões de libras

Os cachorros lideram a lista dos mais “arteiros”, seguidos pelos gatos, aves e até mesmo peixes

Uma pesquisa britânica recente revelou que os animais de estimação são responsáveis por causar uma despeza de 3,3 bilhões de libras, quase nove bilhões de reais aos seus donos no Reino Unido. Mas os gastos não são gerados por alimentação, lazer ou saúde, mas com danos causados na mobília, carpete e jardins.
De acordo com o jornal Metro os cães lideram a lista dos mais “arteiros”, com 55% dos danos, seguidos pelos gatos, com 29%, periquitos, 8% e peixinho dourado, 2%. Dentre os principais problemas causados são: mobília arranhada ou mordida, carpete/tapete destruído, jardim com buracos e até mesmo inundações.
Este foi o caso do do britânico David Wilson, de Wolverhampton, Inglaterra, que contou à publicação o sufoco que passou depois que seu bichano inundou a casa. “Ele tinha o costume de abrir sozinho a torneira e em uma dessas ocasiões acabou alagando meu apartamento”. O valor gasto com os reparos foi de cerca de 3 mil reais.
Outro dado da pesquisa apontou que 33% dos donos disseram que perderam contato com familiares e parentes devido aos danos causados por seus cães e gatos nas propriedades alheias. Desses, 15% revelou que pensou em doar os pets devido aos problemas causados.

CONHEÇA MELHOR SEU CÃO: COMUNICAÇÃO


Comportamento social e Comunicação
(Conheça melhor o seu cão)
Comunicação


Os lobos mantêm contato entre si uivando - meio de comunicação bem desenvolvido entre os deutscher spitz, que trabalham em grupos. Essas matilhas costumam ladrar quando seguem uma pista, o que é útil para o caçador quando ele não os pode ver.
Os uivos são um ruído básico e, para nós, geralmente bastante desagradável. Usualmente, esse som é emitido por cães muito solitários e, provavelmente, trata-se de um ruído para manifestar o desejo de uma companhia. Trata-se também de um ruído que contagia o grupo todo e, dessa forma, funciona como um meio de comunicação a longa distância entre grupos diferentes. Grupos de cães presos costumam uivar à noite ou durante as primeiras horas do dia, quando há pouco movimento no ar. Apesar de não sermos capaz de ouvir a resposta de um outro grupo distante de cães, é provável que a excelente audição do cão seja capaz de ouvir a resposta. Essa capacidade de uivar é particularmente forte em raças mais próximas dos lobos, quanto aos seus ancestrais, como, por exemplo, os huskies siberianos, os malamutes do Alaska, o Basenji e o Rodesiano (Rodesian de Ridgeback), cão oriundo da Africa do Sul.
O Uivo também é um som com algumas conotações sexuais. Os machos mantidos isolados de fêmeas, que eles sabem estar no cio, podem uivar continuamente e elas podem responder da mesma maneira. Até mesmo as raças toy, que geralmente não uivam em circunstâncias normais, podem reagir dessa maneira quando são mantidas isoladas durante o período do cio.
Finalmente existe ainda uma variedade de outros sons caninos - grunhidos, fungos e guinchos. Todos os sons tem algum significado na comunicação (cão-cão e cão-homem), sem que seja necessário associá-los a um determinado comportamento ou comportamentos.
O nível de vocalização varia muito de raça para raça. O exemplo clássico é o basenji, um cão praticamente mudo, incapaz de produzir qualquer som semelhante a um latido. Outra raça relativamente calada é o galgo; de fato, quase todos os gazehounds, os salukis e os borzois - não são muito barulhentos; eles apenas latem ou ganem quando extremamente provocados. Os chow-chows e muitas raças do grupo spitz também são cães relativamente calados.
Os terriers têm a reputação de serem cães que latem excessivamente, o que pode ser uma expressão de monotonia por se sentirem impedidos de dar vazão à sua incrível energia.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

ROBERT PATTINSON NUMA ADOÇÃO EXEMPLAR


Ator Robert Pattinson adota cão que seria sacrificado

25 de fevereiro de 2011

Foto: Divulgação
Robert Pattinson (A Saga Crepúsculo: Eclipse) adotou um cão para ficar ao seu lado enquanto está em hotéis, segundo o WENN. Ele decidiu acolher o cachorro quando o viu em um abrigo na Louisiana, EUA, onde foi filmada parte do novo filme da Saga Crepúsculo, Amanhecer.
O ator espera que o animal seja seu grande companheiro, pois seus amigos se recusam a ir visitá-lo quando está longe. “Eu sei que é triste. Vários atores sempre têm um monte de gente ao redor que os acompanham por até dois meses. Mas meus amigos têm ego muito grande. Eles dizem: ‘Eu não faço parte da sua comitiva. Eu posso até passar um tempinho em um albergue em Nova York ou Los Angeles, mas não vou seguir você até uma cidade qualquer’”, desabafou Pattinson.
“É por isso que eu adotei um cachorro. (…) Ele estava prestes a ser sacrificado. Eu o peguei faz uns dois ou três dias, e eles só mantém um cachorro lá por dez dias.”
O astro admitiu que já está mimando seu novo camarada. “Ele está alucinado. É engraçado. (…) Ele sai de um abrigo e no dia seguinte está em um jatinho. É um pouco como A Dama e o Vagabundo.”

PORTO FELIZ/SP EM FAVOR DOS ANIMAIS


CCZ de Porto Feliz (SP) desenvolve programa de guarda responsável

25 de fevereiro de 2011

Campanha estimula adoção de um animal de estimação.
O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Porto Feliz está desenvolvendo um programa de guarda responsável. A campanha é voltada para pessoas que adotaram ou querem adotar um animal.
Segundo a bióloga do CCZ de Porto Feliz, Juliana Cardeli dos Santos, o objetivo é conscientizar as pessoas sobre a importância da adoção, os cuidados e suas responsabilidades. “A partir do momento em que se adota um cão ou gato, a pessoa passa a ser responsável pelo seu animal e tem de zelar pela sua saúde e bem-estar. Com esse trabalho, queremos evitar que os animais adotados na Zoonoses sejam soltos nas ruas, o que, inclusive, é crime previsto em lei”, explicou.
Além do trabalho de orientação, o programa consiste no acompanhamento dos animais adotados junto ao CCZ. “Essa orientação é feita pelo médico-veterinário do próprio setor e inclui informações sobre o calendário de vacinas e demais cuidados com os bichos”, destacou.
De acordo com Juliana, o programa atinge mensalmente cerca de 80 pessoas por meio de visitas domiciliares e atendimentos feitos pela Zoonoses a interessados em fazer adoção. Atualmente, o CCZ de Porto Feliz conta com aproximadamente 90 animais entre cães e gatos, todos castrados e prontos para adoção.
O Centro de Controle de Zoonoses de Porto Feliz funciona de segunda a sexta-feira das 7 às 16h e está localizado na rua João Avancini, 480, centro. Mais Informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3262-2798.

BRIGITTE BARDOT PELOS ANIMAIS DO MÉXICO


Brigitte Bardot pede que México pare de sacrificar cães abandonados

25 de fevereiro de 2011

A atriz francesa Brigitte Bardot pediu aos deputados mexicanos que suspendam o sacrifício por eletrocução dos cães de rua, em carta pública nesta sexta-feira (25) por sua fundação protetora dos animais.
“Preciso de seu apoio para que se aprove uma lei proibindo no México a cruel prática da eletrocução (dos cachorros), e sua substituição por uma gestão responsável dos animais errantes”, escreveu a atriz.
A Fundação Bardot informa que mais de 400 cães são submetidos à eutanásia por eletrocução todos os meses nas municipalidades mais pobres do México.

FEIRAS DE ADOÇÃO EM SÃO PAULO NO FINAL DE SEMANA


Adote um bichinho

Confira as feiras de adoção que acontecem em São Paulo neste final de semana

Animais disponíveis para adoção estão vacinados, vermifugados e castrados - Flickr/ CC- MikeSchinkelAnimais disponíveis para adoção estão vacinados, vermifugados e castrados
Crédito: Flickr/ CC- MikeSchinkel

Feira de Adoção na Vila Mariana

Neste sábado, 26 de fevereiro, o grupo Projeto Proteção realizará mais uma feira de adoção com cães e gatos abandonados. O evento acontece das 9h às 16h, no estacionamento da clínica Anima Pet. Para adotar um bichinho é preciso apresentar cópia do RG e comprovante de residência, além de ser maior de 21 anos. Lembrando que para os que não puderem levar para casa um bichinho, a entidade aceita doações de ração, medicamentos, camas, casinhas, ração, cobertores ou ainda uma quantia em dinheiro.
Feira de Adoção na Vila Mariana
Quando: sábado, 26 de fevereiro, das 9h às 16h
Local: Estacionamento da clínica Anima Pet, na Rua Dr Diogo de Faria,nº 48.
Site: www.projetoprotecao.com
Email: projeto.protecao@uol.com.br

Feira de Adoção em Alphaville

No próximo sábado, 26 de fevereiro, acontece mais uma feira de adoção com os cães e gatos abandonados do grupo Anjos dos Bichos. O evento será das 10h às 17h, no estacionamento do Supermercado CompreBem de Alphaville. Para adotar um bichinho é preciso apresentar RG e comprovante de residência. E para os que não puderem levar para casa um bichinho, a entidade organizadora aceita doações de ração, medicamentos, camas, casinhas, cobertores ou ainda uma quantia em dinheiro.
Anjos dos Bichos
Banco: Bradesco
Agência: 2774
Conta: 11700-5

Serviço

Feira de Adoção em em Alphaville
Quando: sábado, 26 de fevereiro, das 10h às 17h
Local: estacionamento do supermercado CompreBem, na Alameda Madeira 363, Alphaville - SP

Feira de Adoção na Pompéia

Neste sábado, 26 de fevereiro, a União SRD realizará mais uma feira de adoção com cães e gatos abandonados. O evento acontece das 11h às 17h, no Pet Shop Chic Dog. Para adotar um bichinho é preciso apresentar cópia do RG e comprovante de residência, além de ser maior de 21 anos, além de pagar uma taxa de 25 reais para adultos ou 50 reais para filhotes. Lembrando que para os que não puderem levar para casa um bichinho, a entidade aceita doações de ração, medicamentos, areia sanitária, camas, casinhas, ração, cobertores ou ainda uma quantia em dinheiro.
Feira de Adoção na na Pompéia
Quando: sábado, 26 de fevereiro, das 11h às 17h
Local: Pet Shop Chic Dog, Av. Pompéia, 913, próximo ao metrô Vila Madalena

Feira de Adoção na Moóca

Neste sábado, 26 de fevereiro, o Projeto SOS Felinos realizará mais uma feira de adoção com gatos abandonados. O evento acontece das 11h às 18h, no Cãopanhia Pet Shop, próximo ao Supermercado Yamauchi. Para adotar um bichinho é preciso apresentar RG e CPF originais, comprovante de residência em nome do adotante, além de ser maior de 21 anos e passar por uma entrevista com uma protetora. Lembrando que para os que não puderem levar para casa um bichinho, a entidade aceita doações de ração, medicamentos, camas, casinhas, ração, cobertores ou ainda uma quantia em dinheiro.

Serviço

Feira de Adoção na Moóca
Quando: sábado, 26 de fevereiro, das 11h às 18h
Local: CÃOPANHIA Pet Shop. Rua Conde Prates, 84.

Feira de Adoção na Consolação I

No próximo domingo, 27 de fevereiro, acontece mais uma feira de adoção com os gatos abandonados do Projeto Natureza em Forma. O evento será das 12h às 20h, na Matilha Cultural, próximo ao metrô República. Para adotar um bichinho é preciso apresentar RG, CPF, comprovante de residência, além de ser maior de 21 anos e pagar uma taxa de 60 reais. E para os que não puderem levar para casa um bichinho, a entidade organizadora aceita doações de ração, medicamentos, camas, casinhas, cobertores ou ainda uma quantia em dinheiro.

Serviço

Feira de Adoção na Consolação I
Quando: domingo, 27 de fevereiro, das 12h às 20h
Local: Matilha Cultura. Rua Rego Freitas, 542, próximo ao metrô República

Feira de Adoção na Consolação II

No próximo sábado, 26 de fevereiro, acontece mais uma feira de adoção com os gatos abandonados da Toca dos Gatinhos. O evento será das 14h30 às 18h, no consultório veterinário São Miguel. Para adotar um bichinho é preciso apresentar RG, CPF, comprovante de residência, além de ser maior de 18 anos. Lembrando que a feira acontece todos os sábados, exceto feriados. E para os que não puderem levar para casa um bichinho, a entidade organizadora aceita doações de ração, medicamentos, camas, casinhas, cobertores ou ainda uma quantia em dinheiro.

Serviço

Feira de Adoção na Consolação II
Quando: sábado, 26 de fevereiro, das 14h30 às 18h
Local: Rua São Miguel, 14. Esquina com a Frei Caneca, 821

Feira de Adoção no Ipiranga

No próximo sábado, 26 de fevereiro, acontece mais uma feira de adoção com cães e gatos abandonados do grupo Amigos dos Bichos. O evento será das 12h às 18h, no estacionamento coberto do supermercado Pão de Açúcar da Av. Ricardo Jafet. Para adotar um bichinho é preciso apresentar RG, CPF, comprovante de residência, além de ser maior de 21 anos e pagar uma taxa de 60 reais. E para os que não puderem levar para casa um bichinho, a entidade organizadora aceita doações de ração, medicamentos, camas, casinhas, cobertores ou ainda uma quantia em dinheiro.

Serviço

Feira de Adoção no Ipiranga
Quando: sábado, 26 de fevereiro, das 12h às 18h
Local: Estacionamento coberto do Pão de Açúcar, na Av.Ricardo Jafet, altura do 1200

Feira de Adoção em Higienópolis

No próximo sábado, 26 de fevereiro, acontece mais uma feira de adoção com os cães e gatos abandonados no pet shop Tomaretus. O evento será das 10h às 17h30, próximo à Praça Buenos Aires. Para adotar um bichinho é preciso apresentar RG e comprovante de residência. E para os que não puderem levar para casa um bichinho, a entidade organizadora aceita doações de ração, medicamentos, camas, casinhas, cobertores ou ainda uma quantia em dinheiro.

Serviço

Feira de Adoção em Higienópolis
Quando: sábado, 26 de fevereiro, das 10h às 17h30
Local: pet shop Tomaretus, Rua Alagoas, 539.

Feira de Adoção em Interlagos

No próximo sábado, 26 de fevereiro, acontece mais uma feira de adoção com cães e gatos abandonados da APAR. O evento será das 10h às 17h, no estacionamento da Leroy Merlin Interlagos. Para adotar um bichinho é preciso apresentar RG, CPF, comprovante de residência, além de ser maior de 18 anos e pagar uma taxa de 50 reais. E para os que não puderem levar para casa um bichinho, a entidade organizadora aceita doações de ração, medicamentos, camas, casinhas, cobertores ou ainda uma quantia em dinheiro.

Serviço

Feira de Adoção em Interlagos
Quando: sábado, 26 de fevereiro, das 13h às 18h
Local: Estacionamento da Leroy Merlin Interlagos. Rua Domingas Galleteri Blotta, 315

Feira de Adoção em Santo Amaro

No próximo sábado e domingo, 26 e 27 de fevereiro, acontece mais uma feira de adoção com cães e gatos abandonados da APAA. O evento será das 13h às 18h, no Pet Center Marginal da Av. Washington Luís. Para adotar um bichinho é preciso apresentar RG, CPF, comprovante de residência, além de ser maior de 18 anos e pagar uma taxa de 50 reais. E para os que não puderem levar para casa um bichinho, a entidade organizadora aceita doações de ração, medicamentos, camas, casinhas, cobertores ou ainda uma quantia em dinheiro.

Serviço

Feira de Adoção em Santo Amaro
Quando: sábado e domingo, 26 e 27 de fevereiro, das 13h às 18h
Local: Pet Center Marginal. Av. Washington Luiz, 2737

COMO LIDAR COM O CIÚMES DO SEU CACHORRO


Meu cão é muito ciumento! ...
Como administrar o ciúme canino?


Um cão de guarda, tem fortes sentimentos de ciúmes. O ciúme é a maior qualidade que um cão de guarda pode ter. O que não for ciumento não guardará nada.

Entre humanos, ciúme em relação à pessoa amada é considerado impertinente, mas locupleta a vaidade da vítima.

Numa matilha de lobos, machos e fêmeas convivem na maior harmonia, a exceção é real quando há uma disputa de liderança, momento em que, tanto o líder quanto o desafiante, têm oportunidade de reconhecer a superioridade do adversário e se render. Se nenhum dos dois desistir da luta, esta só terminará com a morte.

A exceção da luta pela liderança, não brigam, porque são livres para retirar-se diante dum confronto indesejável.

Os cães, descendentes do lobo, vivem confinados.

As baias, dos canis de criação, devem ser individuais, caso contrário, nenhum dos confinados terá a chance de retirar-se diante de um confronto. Deve ser evitada a divisão entre dois canis com grades pois estariam sempre se provocando. Quando se soltarem a briga estará garantida. O correto é parede cega.

Quando forem soltos, naturalmente pelo proprietário, um será, forçosamente, solto antes do outro, estabelecendo uma preferência.

Toda a primeira briga entre cães, sempre acontece em presença do proprietário que, certamente, irá apartar, mantendo a disputa pela liderança não resolvida e, com isso, a indeterminação da prevalência dos direitos de um sobre o outro.

Como ninguém deseja arriscar um final desastroso, e com razão, a solução será jamais agradar dois cães soltos. Se você quiser agradar, deverá manter sempre o outro preso. Para agradar o outro, prenda o que estiver solto, para depois soltar o outro. O mesmo vale para as fêmeas.

Um macho jamais brigará com uma fêmea.

A única espécie animal, na qual o macho briga com a fêmea, é a humana. Exceção feita às espécies em cujo rito nupcial inclui a morte, sempre do macho.

Gostar de cães é jamais provocar o seus sentimentos de ciúmes. 

ADOÇÕES E AMIZADES INUSITADAS
















LIMPEZA "ÉTNICA" INACEITÁVEL


Municípios matam cães e gatos para não importunarem turistas



A Assembleia Legislativa (AL) está preocupada com o extermínio de animais em muncípios do interior do Ceará, na véspera do Carnaval. Depois de receber a denúncia sobre a prática, o Deputado Augustinho Moreira (PV) propôs uma Audiência Pública esta semana, para debater o assunto.
Leia mais
AL realiza audiência para discutir matança de animais no Interior
A Audiência está marcada para a próxima quarta-feira (23). O evento será realizado pela Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento do Semiárido, às 14h30min, no Complexo de Comissões Técnicas. De acordo com o deputado, “A Comissão está atendendo a uma solicitação da União Internacional Protetora dos Animais (Uipa). Segundo a ONG, alguns prefeitos, na vontade de atrair visitantes, mandam matar cães e gatos para não importunar os turistas”.

BEBÊ TAMANDUÁ


Filhote de tamanduá-bandeira é encontrado em rodovia da Bahia

25 de fevereiro de 2011

Foto ilustrativa
O filhote de tamanduá-bandeira, encontrado pela Polícia Rodoviária Federal no km 506 da BR-101 na manhã desta quinta-feira, perto de Itabuna, será encaminhado para o centro do Ibama em Vitória da Conquista ou Porto Seguro.
O filhote passeava tranquilamente, aparentemente procurando alimento ou a mãe. Por ser um filhote e de hábitos lentos, e estar nas margens da rodovia, seria presa facil, por isso a PRF o levou para a Ceplac.
Fonte: A Região

FEIRA PARA ADOÇÃO DOS ANIMAIS DA REGIÃO DA SERRA DO RIO


Ong promove feira de adoção de animais resgatados na Região Serrana

25 de fevereiro de 2011

A Ong Anida e o Pet Shop Dr.Pet, em parceria com o Projeto Pêlo Próximo, realizam na manhã desta sábado (26), em Copacabana, Zona Sul da cidade do Rio, uma nova feira de adoção dos animais resgatados durante a tragédia das chuvas na Região Serrana.
Pela primeira vez, os animais resgatados em Nova Friburgo, irão participar da campanha, que ocorre das 10s as 16h na Rua Almirante Gonçalves, 4.
Para adotar um animalzinho, os interessados deverão levar um comprovante de residência e um documento de identificação, além de assinar um termo de responsabilidade.
Qualquer dúvida sobre adoção ou os interessados em participar como voluntários devem entrar em contato com Dra Andréa Lambert pelo cel. (21) 9632-8115 ou através do email andrealambertvet@gmail.com.

VÍDEO: GATO FAZ "POSITIVO" COM A PATINHA


Gato faz “joia” com a patinha

Em vídeo no Youtube Jimmy aparece fazendo joinha com o dedão, e já se tornou um verdadeiro sucesso na web

O que para muitos seria um defeito, para Jimmy, sua polidactilia, número maior que o comum de dedos nas mãos (pés ou patas), o ajudou a se tornar famoso. O bichano tem cinco dedos na patinha e já faz um verdadeiro sucesso na web depois que sua dona publicou um vídeo em que o animal aparece fazendo “joinha”.
No vídeo “Amazing Cat Gives Thumbs Up”, a dona de Jimmy aparece encorajando o bichano a fazer o truque de mostrar o dedinho. Depois de fazer um charme o animal finalmente se rende e faz o gesto. O vídeo já se tornou uma febre na internet e já foi visto por mais de 50 mil pessoas em apenas dois dias de publicado.